Amor de verão: nova minissérie LGBTQI+ discute relacionamento abusivo e transfobia

amor de verao

O coletivo de produções audiovisuais de Mato Grosso MT Queer, lançou na última sexta-feira (31.07) a minissérie “Amor de verão”, que aborda temas como relacionamento abusivo e transfobia no meio LGBT.

A nova produção buscou explorar as belezas naturais e a comunidade rural de João Carro, no município de Chapada dos Guimarães, trazendo a realidade de LGBTS no meio rural.

amor de verão
Divulgação – Amor de Verão

Sinopse

Thiago é um jovem da cidade, assumido, bem resolvido e que teve o apoio da família e amigos ao se assumir homossexual. Durante uma expedição com amigos pela zona rural, ele acaba se interessando por Luiz, um guia de turismo da região. Os dois decidem dar uma chance um para o outro e viver um “Amor de verão”.

“Pra mim a minissérie é muito importante e deve interessar o público por abordar questões da nossa sociedade, preconceitos sofridos no nosso dia a dia e, por evidenciar que temos muito o que melhorar como comunidade que luta por igualdade e equidade”, declarou Deivi Leão, que viveu o papel de Luiz.

Para Edy Lima, que viveu o papel de Tiago, a principal mensagem que a minissérie deixa é que nunca é tarde para viver um grande amor e que podemos recomeçar quantas vezes for preciso.

A trilha sonora ficou por conta do cantor e ator, Piettro, e do músico, Wellington Berê. Já o figurino teve o apoio da designer de moda Jane Klitzke.

Loja

Outra novidade que o coletivo MT Queer apresenta ao público é a mais nova plataforma de venda de produtos exclusivos para o público LGBTQI+, onde o cliente poderá comprar T-Shirts que estarão disponíveis na plataforma.

“Essa foi a maneira que nós encontramos para financiar as produções e os gastos que temos como: locomoção e alimentação do grupo”, afirmou o diretor de produção Elton Martins.

Além das camisetas, o púbico poderá conhecer melhor o coletivo e ficar por dentro de todas novidades, minisséries, curtas e longas metragens que estarão disponíveis na plataforma.

Coletivo MT Queer

Com quase 800 mil visualizações no Youtube e chegando à marca de 10 mil inscritos no canal, o MT Queer pretende lançar um trabalho por mês até o final do ano e bater 1 milhão de visualizações.

“Nosso objetivo é mostrar para toda população que somos unidos e fortes, lutando cada dia para superar nossos desafios e preconceitos, pretendemos ser o maior canal do Brasil nesse seguimento e temos a certeza que com nosso trabalho chegaremos lá”, afirmou o diretor.

A produção seguiu todos os protocolos de segurança e recomendações das autoridades de saúde.

Episódios

Episódio 1

Episódio 2

Episódio 3

Fonte: Assessoria

Compartilhe:

Você também vai curtir

Whatsapp do GURU

Acompanhe as novidades mais quentes do Guru direto no seu celular.

Clique Aqui