fbpx

Notícias

Viagem internacional: o que fazer e como se planejar?

Passaporte – Istoé Independente

Por Thalyta Amaral

Se o seu sonho é fazer uma viagem internacional é preciso se planejar para que o sonho não vire um pesadelo. Da compra das passagens até a viagem de fato, muita água pode rolar e é preciso planejamento e organização para que tudo dê certo. Não sabe por onde começar? O Guru da Cidade te ajuda a se preparar para esse grande momento.

1) Preste atenção na documentação

via GIPHY

Cada país tem as suas exigências de documentação. Pode ser só o passaporte, visto ou, no caso dos países do Mercosul, RG com até 10 anos de expedição. É importante prestar atenção, porque alguns lugares exigem visto, como os Estados Unidos, o que leva tempo e dinheiro para fazer.

2) Se informe sobre as vacinas

via GIPHY

Alguns destinos exigem vacinação para poder entrar no país. A mais comum costuma ser a contra a febre amarela. E não basta só se vacinar, é preciso fazer o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) em um ponto de atendimento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ou seja, você tem que levar o comprovante da vacinação ao posto da Anvisa para que eles te concedam um documento com validade internacional que comprove a vacinação.

3) Reserve a hospedagem

via GIPHY

Para garantir a tranquilidade ao chegar no destino e evitar problemas para entrar no país reserve com antecedência o lugar onde vai se hospedar, seja hostel, hotel ou qualquer outra modalidade. Fazer a reserva com antecedência também ajuda a ficar em lugares melhores. Uma dica é dar preferência a empresas que não cobram taxa de cancelamento, para o caso de ocorrer algum imprevisto.

4) Seguro viagem

via GIPHY

Sim, tudo vai dar certo, mas não custa se prevenir. Seguros viagem podem incluir pagamento de despesas médicas, reembolso por perda de bagam, entre outros. E, alguns países exigem o seguro para entrada de turistas.

5) Compre moeda do país

via GIPHY

Junte dinheiro para a viagem e vá comprando a moeda local aos poucos. Se for para um país em que a moeda não é tão fácil de adquirir por aqui, vá comprando dólares, ou euros, se fora para algum país europeu, para evitar sustos. Leve sempre um pouco de dinheiro em espécie, além cartões de crédito e débito. E não se esqueça de liberar o seu cartão brasileiro para uso no exterior. É fácil e leva apenas alguns minutos.

6) Outras questões de saúde

via GIPHY

Se você toma algum remédio controlado peça ao seu médico uma receita em inglês, ou espanhol se for para a América Latina. Nem todos os países exigem, mas é uma forma de ficar tranquilo. Outra dica é levar os medicamentos na caixa original para auxiliar na identificação.

7) Chip internacional

via GIPHY

Outra coisa que ajuda bastante na viagem é comprar um chip internacional, para garantir acesso à internet e ligações, especialmente para emergências. Algumas operadores oferecem esse serviço, mas também dá para comprar um chip pré-pago antes de sair do Brasil para só chegar e arrasar.

8) Tenha cópias de documentos

via GIPHY

Faça cópias do seu passaporte e outros documentos importantes, além de ter anotado ou impresso dados sobre o local de hospedagem e voo. Isso é importante porque nem sempre é possível contar com a tecnologia e/ou sinal de celular. Tendo essas cópias dá para ficar tranquilo mesmo se acontecer um imprevisto.

9) Faça um roteiro

via GIPHY

Pesquise sobre os lugares que deseja ir, compre ingressos pela internet e se organize para facilitar os passeios. Ao chegar no país de destino, nem sempre é possível entender os nativos e não dá para ficar perdido sem saber para onde ir ou pelo menos as direções básicas.