fbpx

Notícias

Em vez de censurar a música “Fábio Assunção”, ator vai doar lucro para tratamentos

Fábio Assunção – GShow

“Um ato de irmandade, entre quem sente essa dor e quem tem voz para ampliar a conscientização das pessoas”. Foi com essas palavras que o ator Fábio Assunção anunciou que doará 100% da receita arrecadada com a música “Fábio Assunção” para instituições que tratam dependentes químicos.

Fábio Assunção fez um acordo com os músicos Gabriel Bartze e Bruno Magnata, da banda La Fúria, autores da música que leva o seu nome e que fala sobre sua dependência química e seu alcoolismo.

Fábio Assunção - Reprodução
Fábio Assunção – Reprodução

“Antes de qualquer coisa eu preciso falar com as pessoas que passam pelo mesmo problema que eu. Eu não endosso, de maneira nenhuma, essa glamourização ou zueira com a nossa dor. Minha preocupação é com quem sente na pele a dor de ser quem é. Com as suas famílias”, disse o ator em um vídeo publicado no seu Instagram.

Fábio Assunção diz que jamais pensou em censurar a música, mas “entre não censurar e deixar de conscientizar, existe um abismo que não me conforta”. Enfatiza que não tinha interesse em tornar o acordo um assunto público, mas que a decisão foi tomada em conjunto com sua equipe de comunicação e com o corpo jurídico que o atende.

La Fúria - Capital 95
La Fúria – Capital 95

Também no Instagram, Bruno Magnata, vocalista da La Fúria, afirma que Fábio Assunção convidou a banda para defender uma causa importante, em vez de censurar a música, e disse ser contra a dependência química e o álcool exagerado. Magnata diz também que o acordo envolve a mudança da letra da canção.

“Vamos doar toda a receita gerada pela música para instituição. Em nome de toda a família La Fúria, quero agradecer o carinho de vocês e dizer que o Fabão tá com a gente”, conclui.

Confira a música:

Fonte: Razões para acreditar