fbpx

Notícias

5 tragédias em MT para refletir se realmente vale a pena beber e dirigir

Ramon Alcides Viveiros – Facebook

A madrugada de 23 de dezembro em Cuiabá ficou marcada por um acidente que tirou a vida dos jovens Ramon Alcides Viveiros e Myllena de Lacerda Inocêncio em frente à uma boate na avenida Isaac Póvoas. Um dos fatores do acidente foi uma motorista que dirigia embriagada, mas esse não é um caso isolado, infelizmente. Em Mato Grosso, vários acidentes foram motivados pela mesma questão: bebida alcoólica. Se você ainda tem dúvidas de que beber e dirigir não é uma boa ideia, te relembramos 5 casos que mostram que essa combinação não dá certo.

1) Gari teve perna amputada

Darliney Silva Madaleno
Darliney Silva Madaleno

Madrugada de 19 de novembro de 2018. Uma motorista alcoolizada atropelou o gari Darliney Silva Madaleno que trabalhava na Avenida Getúlio Vargas, em Cuiabá. A vítima teve a perna amputada e passa por dificuldades porque era a maior fonte de renda da família.

2) Locutor perde a vida em acidente

Rubens da Silva Vieira
Rubens da Silva Vieira

02 de setembro de 2018, BR-163, Peixoto de Azevedo. O locutor de rádio Rubens da Silva Vieira trafegava de moto pela rodovia quando um veículo tentou fazer uma ultrapassagem em local proibido e atingiu Rubens e uma amiga. O motorista do carro se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas os policiais constataram sinais visíveis de embriaguez. Os ocupantes da moto morreram no local.

3) Motociclista morre quando voltava para casa

Marcos Dourado Pereira
Marcos Dourado Pereira

06 de maio de 2018, bairro Residencial José Carlos Guimarães, Várzea Grande. O motociclista Marcos Dourado Pereira foi atingido por um carro enquanto estava na via preferencial. O condutor do carro fugiu do local e ao receber ordem de parada da Polícia, teve até mesmo dificuldades para estacionar o carro, porque estava totalmente bêbado.

4) Família de férias morre em acidente

Acidente Sorriso - G1
Acidente Sorriso – G1

28 de março de 2018, BR-163, Sorriso. O casal Lucas Buffon e Poliana Martins Pinto estava em viagem e foi morto em uma colisão frontal com uma carreta. A filha de 4 anos faleceu no hospital dias mais tarde. O motorista do caminhão estava bêbado, o que foi acusado pelo teste do bafômetro.

5) Jovem é morta em passeio com a mãe

Joselaine Clara Alves
Joselaine Clara Alves

27 de janeiro de 2018, bairro Cohab Nova, Cáceres. A jovem Joselaine Clara Alves trafegava com a mãe em uma moto que foi atingida por carro em que o motorista apresentou 0,81 miligramas de álcool por litro de ar expelido e fazia zigue zague pela avenida. Joselaine morreu no hospital e a mãe ficou ferida.