fbpx

Notícias

Dicas de férias: 7 passeios para fazer na Baixada Cuiabana

Chapada dos Guimarães – CVC

Por Thalyta Amaral

Férias chegando e quem não vai sair da Grande Cuiabá nesse período começa a procurar opções de lazer para fugir da rotina nos dias de folgas. E, atendendo ao pedido da nossa leitora Rosane Lemes, o Guru da Cidade te dá algumas dicas do que fazer na Baixada Cuiabana para divertir a família nesse período de férias, e várias atividades são gratuitas. Confira!

1)Chapada dos Guimarães

Município a 65 quilômetros de Cuiabá, Chapada dos Guimarães é bem pertinho, dá para ir de ônibus (a passagem custa cerca de R$ 15) ou de carro, gastando pouco. Dá para curtir a região que tem o Mirante, a Cachoeira Véu de Noiva, e fazer trilhas – mas com acompanhamento de guia – pelo Parque Nacional. Se você curte algo mais urbanos, a cidade tem vários restaurantes e bistrôs aconchegantes que mostramos AQUI, além da praça que tem uma feirinha de artesanato para comprar lembrancinhas.

Chapada dos Guimarães - CVC
Chapada dos Guimarães – CVC

 

2) Estrada de Manso 

Para quem procura descanso, a Estrada do Manso, trecho de aproximadamente 50 quilômetros entre a Rodovia Emanuel Pinheiro e o Lago de Manso, tem várias pousadas e hotéis aconchegantes, que oferecem day use e estadia com refeições coloniais. Se você quer investir em luxo, vale a pena visitar o Malai Manso Resort, que tem sistema all inclusive, passeios, trilhas e o Lago de Manso para tomar banho e sol. Mas também existem opções como a Pousada Vale das Águas, que tem três refeições completas, com café da manhã colonial, que é servido em um ambiente com vista para as montanhas.

Malai Manso - Divulgação
Malai Manso – Divulgação

 

3) Tour arquitetônico

Quem gosta de apreciar belas construções, que também são ótimos lugares para tirar aquela foto para o Instagram, pode aproveitar as várias igrejas na Capital, que possuem estilos e tamanhos diferentes. Desde a tradicional Matriz, no Centro de Cuiabá, que tem uma cripta no subsolo que pode ser visitada, passando pela Igreja Nossa Senhora do Bom Despacho, em frente à praça Maria Taquara, e também vale a pena conhecer a Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, que fazem parte da história cuiabana.

Igreja Matriz - Drone Cuiabá
Igreja Matriz – Drone Cuiabá

 

4) Tour gastronômico

Férias pede boa comida, não é? E para quem não conhece ou quem busca se aventurar, vale a pena conhecer a culinária regional. Dá para se esbaldar com uma peixada no bairro São Gonçalo Beira Rio, tomar um caldo de Mocotó no Mercado do Porto, comer um pastel em uma das feiras livres que já mostramos AQUI, experimentar o bolo de arroz tradicional da Dona Eulália, no bairro Lixeira, e tomar um escaldado bebendo uma cerveja bem gelada no Chopão.

Mercado do Porto - Brasil Imperdível
Mercado do Porto – Brasil Imperdível

 

5) Parques

Que tal respirar um pouco de ar fresco? Dá para fazer atividade física ou apenas reunir a família para um piquenique e passar um tempo. No Parque das Águas tem o clássico show das águas que agrada crianças e adultos. Já no Parque Tia Nair, dá para andar de pedalinho e fazer tirolesa por até R$ 50, além de ver as fofas capivaras que moram por lá.

6) Se refresque

Verão pede água fresca e sombra, mas se você não pode sair de Cuiabá ou Várzea Grande, não tem problema. Já mostramos AQUI alguns clubes para se refrescar no calor e, depois de um bom tempo em reforma, o Sesi Park anunciou que reabre as portas no dia 16 de dezembro, o que significa várias opções para pegar aquela corzinha e também se divertir.

Sesi Park - Divulgação
Sesi Park – Divulgação

 

7) Distrito de Mimoso

Lugar onde nasceu o Patrono das Comunicações, Marechal Cândido Rondon, Mimoso é um distrito de Santo Antônio de Leverger que preserva o típico charme e a hospitalidade mato-grossense. Além da boa comida, o lugar tem o Memorial Rondon, um complexo turístico localizado em meio ao Pantanal, com um cenário digno de filme.

Memorial Rondon - Divulgação
Memorial Rondon – Divulgação