Fez tatuagem e se arrependeu? Guru dá dicas para corrigir

Tattoo

Tem quem demore anos para decidir qual tatuagem fazer e também aqueles que escolhem no impulso marcar a pele para sempre. Mas assim como muitas histórias de amor, o para sempre da tatuagem também pode acabar. Neste caso isso é até bom, não é mesmo? É que pode bater um arrependimento de ter tatuado o nome do ex, por exemplo, e uma tatuagem corretiva pode dar vida nova à antiga tatoo.

Tatuador Silvio Nunes, conhecido como Cowboy

O tatuador Silvio Nunes, conhecido como Cowboy, conta que em 12 anos de profissão viu muitas pessoas se arrependerem de tatuagens específicas. “Cerca de 50% das pessoas que nos procuram para a tatuagem corretiva é para cobrir um nome e, as outras 50%, por tatuagens malfeitas”, aponta.

O profissional da Art Tattoo alerta que a corretiva tem um resultado bom, mas não a mesma qualidade de uma feita na pele limpa. “O trabalho é um pouco mais complicado e leva mais tempo. Tenho que estudar muito bem o desenho, por ser cobertura, não permite mais erros nelas. Então é importante saber a cor que será usada e como vai usar para poder fazer uma cobertura 100%, explica.

É por isso que Cowboy indica a tatuagem corretiva apenas quando não há outra solução, como o fim de relacionamentos. “Acontece muito de pessoas fazerem tatuagem no impulso de nome de namorado (a), marido e mulher. Um dia o amor pode acabar, mas a tatuagem fica e é quando cabe aos tatuadores resolverem. Tentamos reformar e melhorar o desenho para ficar mais bonito”, conta Cowboy.

Além da cobertura de tatuagens, a corretiva também é usada para cicatrizes e marcas de nascença.

Ah, o arrependimento!

Cowboy lembra de dois casos em que as pessoas escreveram os nomes dos companheiros e depois utilizaram a técnica para um novo desenho. Um deles é de um casal de namorados que, após um mês de irem juntos ao studio para tatuar o nome um do outro, terminaram o relacionamento. Os dois decidiram tirar no mesmo dia e acabaram se encontrando no local, quando ele estava saindo e ela chegando para fazer a tatuagem corretiva.

Outro caso foi de um marido, que também tinha o nome da esposa e que decidiu fazer um novo desenho no lugar, após vê-la com outra mulher. “Ele ficou revoltado, mas saiu daqui satisfeito quando cobrimos o nome dela”, lembra Cowboy.

Fica a dica

O tatuador dá duas dicas para os seguidores do Guru da Cidade que decidirem um dia marcar a pele. Primeiro: é mais comum as pessoas se arrependerem de tatuagens com nomes de pessoas. Por outro lado. É difícil alguém voltar atrás quando o desenho é bem feito. “Por isso também é importante escolher bem o local, os profissionais e não escolher pelo preço, mas pela qualidade”, conclui.

Compartilhe:

Você também vai curtir

Whatsapp do GURU

Acompanhe as novidades mais quentes do Guru direto no seu celular.

Clique Aqui