fbpx

Notícias

Sesc Arsenal promove semana de literatura gratuita

os tapetes contadores de historias

Por Guru da Cidade

O Sesc Arsenal preparou uma programação gratuita e inteiramente voltada para o universo literário na capital. A Semana Sesc de Literatura e Leitura começa nesta terça-feira (25) e vai até o dia 30 deste mês, trazendo oficinas, palestras, exposições, lançamentos de livros e espetáculos para todos os gostos e idades.

O primeiro dia está reservado para a palestra do circuito Arte da Palavra, com os escritores Jacques Fux e Marcelo Maluf, e para o lançamento do livro SaBichões da mato-grossense Marta Cocco. Também começam as atividades das oficinas, que abordam diferentes tipos de narrativa.

A semana segue com contação de histórias, intervenções literárias e espetáculos de teatro regionais e nacionais. É a prática da leitura em todos os sentidos! Confira a programação completa abaixo.

TERÇA-FEIRA (25)

OFICINA “CULINÁRIA POÉTICA COM DEGUSTAÇÃO” – CÉSAR OBEID (SP)
25 de abril das 18h às 22h

O escritor vem estudando no Brasil e no exterior como fazer as pessoas se interessem mais em comer vegetais. Em suas oficinas são feitos versos durante a elaboração das receitas, que são simples, nutritivas, veganas e muito bem temperadas.

Público: Adultos Interessados em alimentação natural.

OFICINA “CONTAR HISTÓRIAS – VANGUARDA DA MEMÓRIA” – SUZANA NASCIMENTO (RJ)
Turma I: 25, 26, 27 e 28 de abril das 18h às 22h.
Turma II: 29 e 30 de abril das 14h às 20h

Em tempos em que a escuta vale ouro, a oficina oferece instrumentos técnicos e sensíveis que visam aguçar e exercitar a percepção sobre a oralidade.

Ministrante: Suzana Nascimento é uma atriz, autora, diretora, apresentadora e contadora de histórias premiada!

NARRAR O EU: OFICINA DE NARRATIVAS AUTOFICCIONAIS – JULIÁN FUKS (SP)
25 a 28 de abril das 18h às 22h

Foto: Cia das Letras/ Divulgação

Híbrido entre a ficção e a autobiografia, um novo gênero parece ganhar destaque: a autoficção. A oficina vai explorar exemplos do gênero, transformando-os em pontos de partida para a elaboração de textos próprios.

Escritor e crítico literário, Julián Fuks é autor do romance autoficcional “A Resistência” (Companhia das Letras), ganhador do prêmio Jabuti de livro do ano de 2016 e segundo lugar no Prêmio Oceanos. É autor também de “Procura do romance” e “Histórias de literatura e cegueira”, obras finalistas dos mesmos prêmios. É doutor em Teoria Literária pela USP, onde estudou a teoria e a história do romance. Foi escolhido pela revista Granta como um dos vinte “melhores jovens escritores brasileiros”, e pelo Programa Rolex de Artes para escrever seu próximo livro sob a tutoria do escritor moçambicano Mia Couto.

Carga horária: 16 horas.
Público: Adulto

LANÇAMENTO DO LIVRO SABICHÕES – MARTA COCCO (MT)
25 de abril às 19h – Choperia

O livro “SaBichões”, da escritora Marta Cocco, será lançado no dia 25 de abril, na área climatizada da choperia, no Sesc Arsenal.

Classificação indicativa: Livre

PALESTRA COM JACQUES FUX (BH) E MARCELO MALUF (SP) – MEDIAÇÃO DIVANIZE CARBONIERI (MT)
25 de abril às 19h30 – Cinema

Circuito nacional de escritores, o Arte da Palavra, da Rede SESC de Leituras, é voltado para a valorização e divulgação nas diferentes comunidades literárias, onde as obras serão lidas localmente antes da chegada dos autores, a fim de enriquecer o debate no encontro com os leitores.

Ministrantes: Marcelo Maluf é escritor e professor de criação literária. Mestre em Artes pela Unesp. Escreveu o livro de contos “Esquece tudo agora” (Terracota, 2012) e o infantil “As mil e uma histórias de Manuela” (Autêntica, 2013), entre outros. Em 2015, publicou o romance “A imensidão íntima dos carneiros” (Editora Reformatório), livro finalista do Prêmio da Associação Paulista de críticos de Arte (APCA, 2015), finalista do Prêmio Jabuti (2016) e Vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura (2016), na categoria estreante com mais de 40 anos.

Jacques Fux é doutor em Literatura Comparada pela UFMG e pela Université de Lille 3. Foi pesquisador visitante na Universidade de Harvard. Pós-doutor em Teoria Literária. Publicou: Literatura e Matemática: Jorge Luis Borges, Georges Perec e o OULIPO, vencedor do Prêmio Capes pela melhor tese do Brasil e finalista do Prêmio APCA. Venceu o Prêmio São Paulo de Literatura com Antiterapias.

____________________________________

QUINTA-FEIRA (27)

EXPOSIÇÃO “LITERÁRIA PERALTAGENS” – OS TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS (RJ)
Abertura: 27 de abril às 18h30 – Foyer do Teatro

É uma exposição interativa do acervo do grupo carioca Os Tapetes Contadores de Histórias, composto por tapetes, malas, avental, livros e caixas de pano que servem de cenários para os contos populares do mundo inteiro e obras de importantes autores da literatura brasileira como Manoel de Barros, Graciliano Ramos, Ana Maria Machado e Ricardo Azevedo. Tais cenários de tecido foram costurados na França, Brasil e Peru e integram há 18 anos o acervo pessoal do grupo.

Classificação indicativa: Livre

 

MINIMARATONA DE HISTÓRIAS
27 de abril a partir das 19h – Teatro

Apresentações de narração de histórias para todos os públicos, com duração de 3 horas ininterruptas.

Mestre de Cerimônia: Tibanaré (MT)

19h – O Barbante e a Rima (César Obeid – SP)
19h30 – Contos de Mané (Teatro de Brinquedo – MT)
20h – Historiando com Eva Furnari (Vinícius Rangel – MT)
20h30 – Causos de Alumbramento (Suzana Nascimento – RJ)
21h – Contos Fantásticos da Ilha de Santa Catarina (Sérgio Bello – SC)
21h30 – Viola Apavorada (Paulo Freire – SP)

____________________________________

SEXTA-FEIRA (28)

HISTÓRIAS DE OUTROS POVOS – OS TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS (RJ)
28 de abril às 19h – Foyer do Teatro
(Retirar ingressos com 1 hora de antecedência)

Capacidade: 40 pessoas.

Foto: Fred Gustavos

ESPETÁCULO “CARNE – UMA NARRATIVA SOBRE A MEMÓRIA” – SOLTA CIA DE TEATRO (MT)
28 de abril às 20h – Teatro

(Retirar ingressos com 1 hora de antecedência)

É uma performance construída a partir da literatura documental que retrata a resistência e resignação humana, por meio de ditaduras e opressões históricas. O trabalho preza pela autobiografia, pelo autorretrato verbal, por descrições documentais autorais, através de vozes distintas em épocas e cenários dessemelhantes. Com criação e atuação de Everton Britto (MT), Luciano Paullo (MT) e Yandra Firmo (MT) e direção de Yandra Firmo (MT).

Classificação: 12 anos

 

 

ESPETÁCULO “VIOLA BRASILEIRA” – PAULO FREIRE (SP)
28 de abril às 21h – Jardim

Nesta apresentação o violeiro traz a música de viola do sertão e a sua transformação no atual panorama da cultura brasileira. Além de contar causos envolvendo nossa mitologia. Paulo Freire aprendeu a tocar viola no sertão do Urucuia, noroeste de Minas Gerais – região que inspirou João Guimarães Rosa a escrever o romance “Grande Sertão: Veredas”. Vem participando de diversas atividades relacionadas à contação de histórias e criou um estilo muito característico de tocar viola e contar causo.

Classificação: Livre

____________________________________

SÁBADO (29)

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS “HISTÓRIAS DE OUTROS POVOS”- OS TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS (RJ)
29 de abril às 18h e às 19h – Foyer do Teatro

Classificação: Livre

INTERVENÇÃO LITERÁRIA “PEQUENO PRÍNCIPE SENSORIAL” – GRUPO SENSUS (SP)
29 de abril às 18h – Salão Social

O Pequeno Príncipe Sensorial, é uma performance “ambulante”. O público é convidado a percorrer um trajeto conduzido pelos atores que, além de guiá-los, interpretam textos da obra de Antoine de Saint-Exupèry, e os estimulam sensorialmente pelo tato, olfato e audição. Por utilizarmos a plateia vendada, o Pequeno Príncipe e todo seu simbolismo, dialoga com a linguagem do Sensus, especialmente quando diz: “o essencial é invisível aos olhos”. Valores como amizade, amor e caráter são introduzidos de forma poética nesta obra encantadora que emociona crianças e adultos.

Classificação: Livre

ESPETÁCULO “FIU-FIU!” – GRUPO TIBANARÉ (MT)
29 de abril às 18h – Teatro

Foto: Sesc

Fiu Fiu! Um encontro entre pássaros é um espetáculo que expira sentimentos e anseios humanos. Embora representado por um alegre ritual entre dois pássaros, busca levar o público a percorrer os caminhos das emoções com formas poéticas, numa comicidade tão humana que tira risos agradáveis e emoções sinceras.

 

Classificação: Livre

 

 

ESPETÁCULO “INHAMOR” – THEREZA HELENA (MT)
29 de abril às 19h- Teatro de Formas Animadas

O que regula a geografia do corpo? Por que não as gordinhas nas selfies de praia? Enquanto prepara um pão de inhame, a atriz Thereza Helena se apropria da comida e dos utensílios mais simples para narrar a história de uma mulher cujas medias saem dos padrões socialmente aceitos, que passa as férias reclusa diante da TV enquanto todos vão à praia. As etapas da receita emulam seu processo de fuga e enfrentamento. A metamorfose é concluída com o pão de inhame assado e servido ao público. São apenas 12 lugares por sessão, a fim de proporcionar uma experiência intimista.

Classificação: Livre

ESPETÁCULO “O SOM QUE O VENTO CONTA” – ESTELA CEREGATTI (MT) E JHON STUART (MT)
29 de abril às 20h – Jardim

Foto: Site Estela Ceregatti

Sabe aqueles contos que a gente não sabe ao certo de onde vêm, ou quem os contou? Eles aparecem e se enraízam no tempo, como se viessem pelo ar – como um sussurro do vento que chega aos ouvidos sedentos do povo. É aí que esses ouvintes repassam então cada conto, de geração em geração. Pois bem, o espetáculo “O SOM Que o Vento CONTA” é uma viagem musical através de contos populares de tempos remotos e atuais. Estela Ceregatti e Jhon Stuart, cuidadosamente entoam estórias musicadas, e como num passe de música, eternizam algumas – escolhidas a dedo pela dupla.

Classificação: Livre

 

____________________________________

DOMINGO (30)

ESPETÁCULO “INHAMOR” – THEREZA HELENA (MT)
30 de abril às 19h – Teatro de Formas Animadas
(Retirar ingressos com 1 hora de antecedência)

Foto: Pedro Ivo

O que regula a geografia do corpo? Por que não as gordinhas nas selfies de praia? Enquanto prepara um pão de inhame, a atriz Thereza Helena se apropria da comida e dos utensílios mais simples para narrar a história de uma mulher cujas medias saem dos padrões socialmente aceitos, que passa as férias reclusa diante da TV enquanto todos vão à praia. As etapas da receita emulam seu processo de fuga e enfrentamento. A metamorfose é concluída com o pão de inhame assado e servido ao público.

Classificação: Livre

 

ESPETÁCULO “A ARTE DE CANTAR E CONTAR HISTÓRIAS” – BIA BEDRAN (RJ)

30 de abril às 20h – Jardim

Sempre mesclando a linguagem artística com sua experiência enquanto arte-educadora, Bia apresenta seus contos e cantos em formato de um pocket-show ao lado de sua equipe de músicos que a ajudam a traduzir toda a brasilidade contida em sua obra musical, hoje constituída de 9 CD infantis e dois DVDs. Também escritora de 13 livros lançados pelas editoras Nova Fronteira e Lê, Bia conta suas histórias autorais além de obras de grandes autores de nossa literatura, como “Macaquinho”, de Ronaldo Simões Coelho e “ Campo Santo”, adaptação de conto popular, ambas histórias que se tornaram um marco da arte de cantar e contar através de sua performance artística.

Classificação: Livre

 

(Fonte: Sesc Mato Grosso)