fbpx

Notícias

Encontros revivem o cinema no Cine Teatro Cuiabá

Cinema, movie or video concept. Vintage projector with projectin

Por Maria Clara Cabral

Ana Maria Souza e Diego Baraldi

O projeto Encontros com Cinema, que promove vivências através da sétima arte, ganha vida nova no cinema mais antigo da capital. A atividade que acontecia há 11 anos no Sesc Arsenal, agora faz parte da programação do Cine Teatro Cuiabá, que retoma suas exibições regulares. “Esse espaço é importantíssimo para difusão do cinema na cidade, pois tem toda uma trajetória e história relacionada a salas de cinema de rua, a única funcionando na cidade” afirma Diego Baraldi, realizador e curador do evento.

A ideia é que as sessões continuem semanais, todas as terças-feiras, às 19 horas. Inicialmente, contemplarão filmes mais antigos e, com o tempo, podem seguir linhas temáticas e trazer novidades. “É uma revisitação para as pessoas que gostam dos filmes e já têm o hábito de se relacionar com filmes de diferentes períodos históricos, mas também um momento para que novos espectadores se encontrem com essas obras” explica Baraldi.

O projeto tem parceria com a Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Vivência da UFMT (PROCEV), o Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da UFMT.

CICLO KUBRICK

Stanley Kubrick

O primeiro ciclo reúne clássicos de Stanley Kubrick, produzidos a partir da década de 60, quando o diretor consegue autonomia dos estúdios hollywoodianos criando sua própria produtora.

Diego Baraldi, que divide a curadoria com Ana Maria Souza, justifica a escolha da filmografia por sua característica autoral e desafiadora. “É um cineasta que desafiou convenções e questões mercadológicas, fez avançar o cinema tecnicamente e narrativamente, sempre preocupado com inovações” e completa: “Sempre batalhou pela liberdade no processo de filmagem e principalmente de montagem, o que não era comum para os cineastas americanos nesse momento da história”.

Além de clássico, Kubrick é popular e atrai público de todas as épocas, vantagem essencial para retomar a regularidade dos encontros. “A gente começou exibindo o filme 2001 e foi uma surpresa como ele continua despertando o interesse do espectador,” é o relato otimista dos realizadores. A exibição de estreia lotou a plateia e o mezanino.

As sessões não se limitam a exibições e são seguidas de debate para concretizar a ideia de encontro. “O objetivo é estimular as pessoas a conversarem com o cinema, pensar sobre os filmes e a partir deles pensar em novas ideias” afirma Baraldi.

PRÓXIMAS SESSÕES

Nascido para matar
De olhos bem fechados

 

 

 

 

 

 

 

 

Já passaram pelas telonas, 2001: Uma Odisseia no Espaço, Lolita, Dr. Fantástico e Laranja Mecânica (04/04), Barry Lyndon (11/04), O Iluminado (18/04). Ainda vem por aí Nascido para matar (25/04), De olhos bem fechados (02/05) e Stanley Kubrick: Imagens de uma vida (09/05).

Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Cine Teatro pelo valor de R$4, a inteira, e R$2, a meia entrada. Não perca as últimas sessões do ciclo, ainda dá tempo!

Clique aqui para ver a página do Cine Teatro.